sexta-feira, 26 de novembro de 2021

Miúdos a votos

MIÚDOS A VOTOS


Partilho a informação enviada pela equipa de " Miúdos a votos", com todos para conhecimento da iniciativa. Contudo, penso, que os Diretores de Turma já partilharam o link do formulário com os alunos.
Para os que ainda não tiveram oportunidade de o fazer, gostaria de lembrar que os alunos têm até 30 de novembro, a próxima terça-feira, para propor o seu livro preferido como candidato às eleições nacionais de 'Miúdos a Votos'.
Prosa, poesia, teatro, banda desenhada - qualquer livro pode ser apresentado como candidato. Cada aluno deve ser totalmente livre de propor aquilo que quiser, podendo este ser um momento para o professor perceber quais são os gostos do aluno, para lá dos programas e objetivos escolares.
Para o aluno apresentar o seu candidato, basta aceder ao formulário disponível em bit.ly/3jHUlyT, ou em visaojunior.pt. Terá apenas de colocar o nome do livro, o autor, a escola a que pertence e o ano de escolaridade. Se o livro pertencer a uma coleção, será necessário indicar o título completo ou o número do volume dentro da coleção.
Esta primeira fase de 'Miúdos a Votos' corresponde à apresentação de candidaturas numas eleições políticas. Fazendo um paralelismo com as eleições legislativas que se vão realizar a 30 de janeiro, os alunos propõem os seus candidatos, tal como os partidos têm de apresentar as suas listas de candidatos a deputados até 20 de dezembro.
Os livros que reunirem maior números de candidaturas serão aqueles que irão às eleições nacionais. Os nomes dos títulos serão anunciados até 6 de janeiro.
A professora Bibliotecária

quinta-feira, 25 de novembro de 2021

O Mundo da Leitura

“O Mundo da Leitura”

Atualmente, poucos adolescentes sabem como é o mundo da leitura. Acham que é um desperdício de tempo e só é importante para tirar boas notas. Preferem sair com os amigos ou estar na internet. 

Eu era assim no ano passado, achava que não seria nada de especial, até encontrar “o livro”, aquele livro que me chamou a atenção e me levou para o mundo perfeito.

O “Mundo da Leitura” não é uma biblioteca, como muitos devem pensar, mas sim a nossa imaginação, enquanto lemos. Cada livro é um mundo diferente e podemos sempre imaginar tudo com pormenores, basta querer!

Eu espero que as pessoas encontrem “o seu livro” e tenham o prazer de viajar pelos vários mundos que nunca imaginaram. 

Lara Costa, n.º 15, 8.º A

A Imaginação Através da Escrita

“A imaginação através da escrita”

        Hoje em dia, são raros os adolescentes que se interessam pela escrita. Pensam que, ao escrever, não estão a fazer mais nada senão seguir as ordens dos professores, a cansar as mãos e os “miolos”.

        Felizmente, graças aos meus pais, eu não sou assim. Desde pequena que sempre adorei escrever porque podia ser eu a criar a fantasia perfeita ou, simplesmente, fazer parte da maior aventura de sempre.

        Sinto que, quando escrevo, é como se estivesse só eu e o papel, como se o mundo à minha volta não existisse. Ao escrever, eu crio um mundo só meu, que ninguém pode modificar.

        Muitos dos adolescentes não sabem, mas, ao escrever, desenvolvem a imaginação, que é a única coisa que lhes permite fazer histórias incríveis. A imaginação é a base da vida, pois, sem ela, quem é que conseguia explicar porque sonha? Ou simplesmente o que vê?

        Todas as pessoas têm uma imaginação própria, que lhes permite imaginar o seu mundo perfeito, só têm de saber despertá-la.

Letícia Morais, n.º 19, 8.º A

domingo, 21 de novembro de 2021

Selo de Escola Saudável

Uma vez mais foi-nos atribuído o SELO DE ESCOLA SAUDÁVEL.

Aqui ficam os PARABÉNS ao nosso Agrupamento e um agradecimento especial ao grupo de Professores/Técnicos que muito trabalharam para que tal acontecesse.

Lanche Saudável - Atividade de Cidadania e Desenvolvimento

Atividade do 7.º A no âmbito da disciplina de Cidadania e Desenvolvimento

No dia 04 de novembro, a turma A do sétimo ano fez o lanche da manhã nas mesas do campo da escola, no final do Projeto “Lanche saudável”.
O projeto seguiu os seguintes passos: 
- reflexão sobre as consequências do consumo excessivo de gordura, açúcar e sal;
- conhecimento dos valores nutricionais de alimentos a partir de rótulos de embalagens trazidas de casa; 
- seleção de alimentos saudáveis para um lanche da manhã, por parte de cada grupo de trabalho;
- apresentação de todas as propostas e elaboração de uma lista única para a realização do lanche da turma;
- decisão de quem levaria cada alimento incluído na lista.
No dia 04 de novembro, a turma concretizou o lanche planeado.
No lanche havia: fruta desidratada, iogurtes naturais, pão de cereais, compota, bolo integral, granola, sumo de laranja, tomate cherry, cenoura, bolachas integrais, panquecas…


Testemunho de alguns alunos:

“Chegámos à conclusão de que muitos dos alimentos que costumamos consumir não são nada saudáveis.”
“O lanche saudável foi uma experiência muito boa, pois assim nós conseguimos ver e perceber o que estávamos ingerindo no nosso dia-a-dia no lanche.”
“Com este lanche eu percebi que não precisava de comer bolos, bolachas… para ter um lanche bom.” 
“Agora eu percebo que consigo fazer um lanche saudável que me dê os nutrientes e a energia que eu preciso no dia-a-dia.”
“Foi um lanche tentador e apetitoso.”
“Penso que este lanche saudável, não foi só divertido como educativo, deixando os alunos mais conscientes do perigo de uma alimentação não saudável. Também poderá ter influenciado os alunos a ler mais os rótulos e ver o valor nutricional dos alimentos.” 

“Eu levei as panquecas
E a Clarisse também
Estavam tão deliciosas
Não sobrou nada para mais ninguém.

Frutos secos e bolinhos
Não podiam faltar
E o sumo de laranja
Também veio para nos deliciar!

Foi um momento de partilha
E também de degustação
Fizemos tudo com carinho
E muita dedicação.

Alunos do 7.ºA

sexta-feira, 19 de novembro de 2021

Venha tomar café com...

 Venha tomar café com... 
Hoje, às 21h

Para assinalar o Dia Nacional do Mar, temos para si, uma tertúlia virtual, através do Google Meet, dia 19, de novembro, sexta-feira, pelas 21 horas, com o Doutor Francisco Arenas, Investigador do Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental (CIIMAR), que nos irá falar sobre a importância da biodiversidade no funcionamento dos ecossistemas costeiros: "As últimas florestas marinhas" 

 Inscrição aqui


segunda-feira, 15 de novembro de 2021

Velhice digna

Velhice digna

Atualmente, há cada vez mais idosos a viver sozinhos. Às vezes, devido à baixa reforma que possuem, habitam em casas com poucas condições ou estão isolados de outras pessoas. 

Frequentemente, os seus familiares nem estão presentes nas suas vidas. Tal facto, por vezes, não fica a dever-se a desinteresse pelo seu bem-estar, mas sim à falta de tempo, uma vez que trabalham ou podem não ter dinheiro para pagar um lar ou a uma pessoa que vá às suas casas. 

Devido à sua idade muito elevada e a problemas de deslocação, entre muitos outros, os idosos necessitam de alguém, pelo menos uma vez por dia, para lhes levar as refeições ou saber se estão bem de saúde e se precisam de alguma coisa. 

Para concluir, as pessoas de idade são o nosso passado, por isso devíamos tratá-los com respeito.   

Joana Cabral – 9.º A

A importância do exercício físico

A importância do exercício físico

Como todos sabemos, os seres humanos estão a ter vários problemas de saúde decorrentes de maus hábitos adquiridos ao longo da vida. Entre eles estão o sedentarismo, a obesidade, a falta de atividade física, etc.

Estes maus hábitos podem ter graves consequências, tais como: a hipertensão, os Acidentes Vasculares Cerebrais (AVC), os Ataques Cardíacos, a Diabetes e o Cancro. Estes problemas de saúde são graves, pois podem mudar a nossa vida ou até levar à morte. No entanto, podem ser evitados através da prática de exercício físico, uma alimentação equilibrada, realização de rastreios, não fumar, não consumir álcool em excesso, etc. 

A melhor maneira de educar as pessoas sobre o que é um estilo de vida saudável é começar pela escola. Conhecer estes bons hábitos é tão importante como aprender matemática ou português.

Eu considero-me um cidadão exemplar, pois pratico exercício físico regularmente, tenho uma alimentação relativamente variada e não fumo nem consumo álcool.

João Marques - 9.º A

Inverno

Inverno


O inverno está a chegar
e o frio vem a acompanhar
por isso vou agasalhar-me
para gripe não apanhar.

A lareira vou acender
para a minha casa aquecer,
mas não me posso esquecer
das bolachas a cozer.

Os sinos vão tocar,
as crianças vão brincar
e na neve saltar
O espírito natalício vai voltar!

Com a família vou festejar
para as festas relembrar,
prendas vou trocar
e iguarias saborear.

Em janeiro vão cantar
as janeiras ao luar,
com o vento a soprar
e a guitarra a tocar.


Maria Borges Gomes – 9.º A

Texto Publicitário 6.º Ano

 No âmbito da disciplina de Português, os alunos do 6.º ano (G e H) divulgam os seus trabalhos realizados na temática -Textos não literários – texto publicitário.