sexta-feira, 23 de março de 2012

EB Soares dos Reis

Entrega de prémios e diplomas aos vencedores das iniciativas promovidas pelo projeto
ECO-ESCOLAS


EB Soares dos Reis

Entrega de prémios e diplomas aos melhores leitores da BE/CRE

quarta-feira, 21 de março de 2012

EB 1 Joaquim Nicolau D'Almeida




Os alunos e encarregados de educação da Escola Joaquim Nicolau de Almeida festejaram a chegada da Primavera realizando, em conjunto, trabalhos alusivos a esta estação, reutilizando materiais que havia em casa. 
Todos revelaram muita imaginação e o espaço escolar ficou muito alegre e colorido!

terça-feira, 20 de março de 2012

JI Cravel

DIA DO PAI

No dia 19 de março, comemoramos o Dia do Pai, no Jardim de Infância de forma muito especial. Afetos, partilha e muito, mas muito carinho foram uma constante ao longo de todo o dia. Parabéns a todos e um Feliz Dia do Pai.

EB Soares dos Reis

De: O Velho Sobreiro
Vila Nova de Gaia, 22 de Janeiro de 2012
Meus queridos alunos da Escola Soares dos Reis:
Sou um sobreiro e esta bela floresta é a minha casa. Esta floresta é um bom sítio para se viver, com as suas flores de todas as cores e feitios, os seus riachos e claro, as suas árvores, minhas amigas e todas diferentes: os belos pinheiros, os grandes carvalhos, os tristes chorões, os cedros sempre elegantes e os eucaliptos com o seu agradável cheiro.
Mas nesta floresta, em tempos, por descuido ou por maldade, houve um grande incêndio que quase a destruiu. Foi necessário muito tempo e muito trabalho para que ela voltasse a ter a diversidade e a beleza que tem hoje. 
Nós, as árvores, somos muito importantes para que haja oxigénio no planeta e para que as temperaturas não fiquem muito altas fazendo com que o gelo dos pólos derreta provocando inundações. 
Eu sei que estou um pouco deslocado, pois não é habitual haver sobreiros no meio destas árvores, mas desta forma posso contribuir para a diversidade e a beleza desta floresta. 
Como sou único, as outras árvores respeitam-me pela importância que eu represento, pois da minha casca é possível fazer uma grande quantidade de coisas, tais como: rolhas, objectos decorativos, carteiras, roupa e, imaginem, até fatos espaciais! Das minhas bolotas posso alimentar alguns animais que as acham um manjar e, desta forma, posso contribuir para a economia das famílias e do país. 
A minha sombra é muito importante nos quentes dias de Verão. Nesta estação do ano, é com muita satisfação que eu e as minhas amigas, vemos as famílias com as suas crianças a fazerem as suas visitas à floresta. Às vezes fazem piqueniques, jogos e outras brincadeiras. Eu e as minhas amigas gostamos que deixem tudo muito limpinho, para evitar que possa haver outro incêndio, pois não dava jeito nenhum! 
Na Primavera, quando tudo está florido, formamos um belíssimo postal colorido. 
No Outono também temos uma beleza especial; com os vários tons todos misturados fazemos as delícias dos pintores que, com as suas paletas, tintas e pincéis, gostam muito de nos pintar.
No Inverno, como temos uma grande diversidade de árvores, conseguimos não nos transformar numa floresta despida, pois nem todas nós apresentamos folha caduca. 
Certo dia, recebemos uma visita de estudo muito especial. A Escola Soares dos Reis escolheu esta floresta para fazer uma visita de estudo da disciplina de Ciências da Natureza. Vieram muitos jovens, acompanhados dos seus professores e dos auxiliares. Os professores explicaram-lhes a importância da floresta e da sua diversidade, os nomes das várias plantas e árvores e a forma como estas transformavam o dióxido de carbono em oxigénio. 
Depois de terem aprendido muitas coisas bonitas sobre a floresta, os jovens fizeram jogos e brincadeiras no espaço que estava reservado para tal e, no fim do dia, ainda tiveram tempo para fazerem um belíssimo lanche partilhado! 
No final do lanche, todos os jovens se empenharam em deixar a nossa casa perfeitamente limpa e asseada de forma a respeitarem-nos a nós, árvores, às flores, aos animais e a toda a Natureza. Percebemos que aqueles jovens realmente gostavam de nós e nos respeitavam pela nossa importância e pela nossa beleza. 
Espero que tenham aprendido com tudo o que aqui leram e que respeitem sempre a nossa amiga natureza! 
Recebam um grande abraço deste vosso Amigo. 
O velho sobreiro
Mariana dos Santos Ribeiro Dias, nº 21, 5º C

domingo, 18 de março de 2012

JI Cravel

MÚSICA NO J.I. DE CRAVEL
A música faz parte das vivências do Jardim de Infância de Cravel.
A colaboração e disponibilidade da Professora Paula, mãe do Pedro Figueiredo, promove a partilha entre todos, que aguardam com espectativa a sua presença.
Como tema desta partilha, o Dia do Pai!

sexta-feira, 16 de março de 2012

JI Cravel

CIENTISTA NO J.I.
 PROJETO” Desde pequenos na Ciência”
De regresso ao J.I. de Cravel, a cientista Cláudia Trindade, partilhou experiências” super-fantásticas” e todos estivemos com muita atenção. A ciência está presente no nosso quotidiano.
Obrigada à “Cientista Cláudia,” e esperamos por uma nova partilha.

quinta-feira, 15 de março de 2012

EB Soares dos Reis

No passado dia 6 de março, recebemos na nossa escola a escritora Gisela Silva e a ilustradora Teresa Lares, que nos deram o gosto de nos visitar, para uma simpática troca de impressões baseada no livro que trabalhamos nas aulas de Língua Portuguesa, intitulado “O Segredo da Moura”. 
As nossas visitas chegaram à escola por volta das 10 horas da manhã e, depois de recebidas pela Direção, visitaram a nossa BE/CRE, onde se encontrava exposta a sua obra, bem como imensos trabalhos dos alunos, baseados nos seus livros.
Depois, regressaram ao polivalente da escola onde um público constituído por alunos e professores as aguardavam.
Simpaticamente, saudaram os estudantes e começaram a falar sobre o seu conto. Em seguida, responderam às questões colocadas pelos meninos e meninas, que aos poucos e poucos, foram satisfazendo a sua curiosidade sobre as amáveis convidadas e o seu trabalho de escrita e ilustração.
Felizes com esta visita à nossa escola, a escritora Gisela Silva aproveitou o momento para desvendar alguns segredos sobre a continuidade da obra “O Segredo da Moura”. Toda a escola estava tão entusiasmada com as suas palavras, que a autora, após a projeção de algumas imagens e pequenos textos, pertencentes ao futuro livro, pediu aos alunos para colaborarem no seu desenvolvimento.
Quase no final desta aula diferente, alunas do “Clube de Poesia” e alunas representantes do 6º ano, turma B, presentearam as convidadas com poemas alusivos ao “Segredo da Moura”.
Seguidamente, a escritora e a ilustradora agradeceram o simpático acolhimento que tiveram na nossa escola, ao mesmo tempo que autografavam diversos exemplares das suas obras.
Foi uma aula diferente, em que estivemos a dialogar com uma verdadeira escritora e ilustradora.
Trabalho elaborado pelos alunos do 6ºAno – Turma B

quarta-feira, 14 de março de 2012

EB Soares dos Reis

O jardim da sala de apoio
O Daniel, o Hugo e o Diogo estão a arranjar os canteiros junto da sala dos professores. Nos canteiros há tulipas, ervas aromáticas e muitas flores. Todas as segundas-feiras de manhã vamos para o jardim varrer as folhas secas, regar as plantas e apanhar as ervas daninhas. 
Também vamos plantar um morangueiro, cebolo e um tomateiro, mas na horta que fica junto do pavilhão azul.
Eu gosto de plantar e ver as flores nascer.
Diogo Tavares 5ºD N.º10

EB Soares dos Reis


CAMPANHA DE SOLIDARIEDADE | EMRC / PPES

Está a decorrer uma campanha de recolha de bens alimentares e higiene destinado a crianças até aos 12 anos de idade.
Colabora!
Entrega o teu contributo, até dia 20 de março, no polivalente da nossa escola, durante os intervalos grandes da manhã ou da tarde.

terça-feira, 13 de março de 2012

EB Soares dos Reis

Crescer em segurança
(NAE)
No dia 12 de março a Agente da PSP Fernanda Cabral, da equipa EPES, veio à nossa escola ensinar-nos como “Crescer em Segurança”.
Mostrou-nos um PowerPoint com informações úteis sobre a segurança. Vimos como atravessar a estrada corretamente, não aceitar boleia de estranhos, não abrir a porta a pessoas que não conhecemos, não aceitar alimentos ou objetos de pessoas desconhecidas. Explicou também que o tabaco e as drogas prejudicam muito a nossa saúde e que devemos ligar para o 112 só em caso de emergência.
Depois colocamos perguntas e conversamos com a senhora Agente.
Gostamos muito da apresentação sobre a segurança, pois explicou-nos bem e ajudou-nos a perceber o que não sabíamos.
Paula Sá   Nº 21, Turma 6ºH e Rafael Ferreira 7ºF, n.º21

segunda-feira, 12 de março de 2012

EB Soares dos Reis

Se gostas de ler, não percas o resumo deste livro, tão interessante desde o início até ao fim!!!!
O livro que acabamos de ler nas aulas de Língua Portuguesa, intitula-se “Rosa, minha irmã Rosa” , é da escritora Alice Vieira e fala-nos de uma menina chamada Mariana.
Esta era filha única e certo dia, teve a feliz notícia de que ia ter uma irmã. Logo, toda a família começou a magicar num nome, para o futuro elemento da casa.
Depois de várias sugestões, o nome escolhido foi Rosa. Após o seu nascimento, toda a família ficou eufórica, menos Mariana que no seu entender, estava a ser trocada e esquecida pelos seus pais e familiares.
A menina ficou um pouco tristonha e, foi contando a razão da sua infelicidade aos seus melhores amigos: à Zica, ao Zarolho, à avó …
Com o decorrer do tempo, toda a casa se foi habituando às “exigências” da nova menina. Mariana aos poucos e poucos, vai-se afeiçoando à sua mana, desejando que ela cresça depressa, para ser sua confidente.
Toda a rotina familiar decorria normalmente. Contudo, certa noite da tempestade, Rosa adoeceu. Foi internada no hospital e foi-lhe diagnosticada uma pneumonia.
Durante a sua ausência, Mariana sentiu a casa triste, vazia e silenciosa. Compreendeu assim, que a Rosa já era muito importante na sua vida!
Felizmente, tudo corre bem! A bebé regressa ao seu lar. Mariana percebeu que tem um grande amor pela irmã e que as duas se vão tornar inseparáveis ao longo da vida!
Texto coletivo elaborado pelos alunos do 5º Ano – Turma B

sábado, 10 de março de 2012

EB 1 Joaquim Nicolau D'Almeida

Polidesportivo Vítor Baía

Hoje, dia 27 de fevereiro, foi um dia muito especial para a nossa escola. Depois de tanto tempo de obras, o campo de futebol foi inaugurado. Foram lá muitas pessoas, como o Presidente da Câmara de Gaia, Dr. Luís Filipe Menezes e um antigo guardarredes do Futebol Clube do Porto, o Vítor Baía.
Na sala de aula, estivemos a usar o quadro interativo, aprendendo um pouco mais sobre os sólidos e mostrando ao senhor presidente como se trabalha com o quadro e com a “escola virtual”. 
Depois, foram inaugurar o campo que ficou com o nome do ex guardarredes Vítor Baía e foram recebidos pelos meninos do quarto ano que tocaram uma linda música com as suas flautas. No fim dos discursos, houve um jogo de futebol com alguns meninos da escola. 
Este dia foi diferente e muito divertido. Ficamos muito contentes pois já temos onde jogar.
Alunos do 2.º H

sexta-feira, 9 de março de 2012

EB Soares dos Reis

NAE - SEMENTEIRA DE JACINTOS

Na sala de apoio fizemos a hidrocultura de jacinto.
Os bolbos de jacinto podem ser plantados em recipientes ou jarras como planta de interior. Para isso deve-se colocar num recipiente, carvão vegetal ou casca de pinheiro, uma colher de sal e encher com água. Só as raízes é que ficam em contacto com a água, deve evitar-se molhar o bolbo. 
Durante os primeiros 10-15 dias deve-se colocar o bolbo num local escuro para que depois floresça. A água deve ser mudada a cada 15 dias.
Os jacintos cheiram bem e há de várias cores. Na nossa sala temos dois brancos, um roxo e um carmesim.

quarta-feira, 7 de março de 2012

EB Soares dos Reis

Para quem gosta de histórias fantásticas…

Há muitos, muitos anos existia um menino chamado Luís.
Era um rapaz muito aventureiro, que com paus fingia que eram espadas e ele um cavaleiro valente, que andava de terra em terra a combater dragões com três cabeças que cuspiam fogo!
Passado alguns anos, foi de viagem para conhecer outros territórios e partiu  com muita coragem e desejo de aventura.
Passou dias e dias a trepar montes e a saltar pedregulhos, quando de repente, avista um castelo enorme de onde saíam enormes batalhões de cavaleiros armados, prontos a derrotar o dragão de três cabeças, que aprisionava a filha do Rei Filipe.
Luís com toda a sua coragem e humildade, foi falar com o rei:
- Sua majestade, chamo-me Luís e venho oferecer-me para salvar a princesa das garras do terrível dragão!
E o rei declarou:
- Meu jovem, se cumprires a tua palavra, eu Rei D. Filipe, te doarei este castelo!
E assim foi, Luís passou horas a fio a trabalhar na sua armadura, espada e escudo para enfrentar valentemente o terrível animal.
No dia seguinte, logo de manhã, partiu e encontrou a torre onde estava guardada a princesa.
Logo que entra, vê o dragão a dormir e é neste preciso momento, que aproveita e… mata o dragão de três cabeças!
O que Luís não sabia é que o dragão encerrava OURO dentro dele!
Então, pelo corpo do animal jorrou esse metal precioso, que cobriu totalmente a armadora do rapaz . Este sem hesitar, foi buscar a princesa e dirigiram-se para o castelo.
Quando lá chegaram,  o rei cumpriu a promessa  e, como o Luís foi mesmo um rapaz muito valente, ainda lhe ofereceu a sua bela filha em casamento.
E ambos viveram felizes para sempre!
História enviada por: Marco Barbosa, nº18  5ºC

terça-feira, 6 de março de 2012

EB Soares dos Reis

100ª lição

Em setembro começámos
As aulas de Português
E também nos aplicámos
Na Matemática, Ciências e Inglês.

Conhecemos a professora,
Achámo-la encantadora,
O seu nome é Susana,
O silêncio ela reclama.

Textos para interpretar,
Composições para escrever
Gramática para rever
É estudar, estudar, estudar…

Chegámos ao Natal
As notas foram boas presentes
Os pais ficaram contentes
Mas que turma genial!

Que bom é aprender,
Que bom é estar entre amigos,
Só assim iremos crescer
E não ter muitos castigos.

Nas aulas estudamos bem
Aprendemos com muita atenção
Chegámos com grande emoção
À lição número cem.

Agora, para terminar
Um pedido quero deixar:
Se nos portarmos bem
Outras cem iremos dar!!!

Francisco Rodrigues 5º F

domingo, 4 de março de 2012

JI Cravel

PROJETO  "SUMINHOS”
Hoje, a Luísa da “Suma” veio ao nosso jardim de Infância fazer um jogo com os primeiros 5 números, que são a base para somar e trabalhar nova ideias para proteger o Ambiente. Agora somos “Suminhos 5 Estrelas", porque somos amigos do Ambiente. Temos que nos RESPONSABILIZAR, temos que RESPEITAR o ambiente, temos que REDUZIR o lixo, REUTILIZAR os objetos e separar para RECICLAR e vamos passar a mensagem aos nossos pais.

EB Soares dos Reis

Jardins Suspensos
Já reparaste que a entrada do pavilhão azul está mais colorida.
Pois é, o Grupo Eco-Escolas antecipou a chegada da primavera.
E em breve encontrarás mais jardins suspensos na nossa escola!

sábado, 3 de março de 2012

JI Cravel

AMIGOS NA NOSSA HORTA
As hortas no Jardim de Infância de Cravel, continuam a ser dinamizadas com a colaboração dos pais e famílias.
Em paralelo, estamos a promover o nosso projeto Ecoescolas e a trabalhar o embelezamento de espaço exterior com um Jardim Suspenso.
Juntos, vamos construir um JARDIM ENCANTADO!!!